Pressão da água e sua importância no estudo da hidráulica.
in Hidráulica

Pressão da água e sua importância no estudo da hidráulica.

Conheça os diferentes tipos de condutos e como eles se relacionam com a pressão da água.

Dentre os muitos conceitos envolvidos no estudo da hidráulica, o de “pressão” tem uma importância particular. A pressão pode ser definida como uma força que é aplicada a uma superfície e essa força é um dos mais importantes aspectos a serem levados em consideração no processo de planejamento, construção e manutenção de instalações hidráulicas (Para entender mais sobre o conceito de força, clique aqui).

A hidrodinâmica, parte da hidráulica que estuda a movimentação dos fluidos, afirma que a condução da água pode dar-se de maneira livre ou forçada, de acordo com o tipo de conduto.

Tipos de condutos e suas relações com a pressão da água

  1. Conduto livre é aquele em que a movimentação do fluido ocorre com uma pressão igual à atmosférica. Por exemplo os rios, cujas águas se movimentam em razão de uma diferença nas cotas topográficas, do ponto mais alto para o ponto mais baixo. As águas pluviais também se movimentam nessas condições.
  2. Condutos forçados são tubulações em que o fluido sofre pressão diferente da pressão atmosférica, o que afeta diretamente o seu movimento. São exemplos os sistemas urbanos de abastecimento de água, de esgotamento sanitário e de irrigação agrícola.

 

Tanto os condutos livres quanto os forçados sofrem a influência da força gravitacional. No entanto, sobre os condutos forçados recaem também as pressões exercidas pela tubulação por onde escoam; pressões cujas características dependem de várias circunstâncias, tais como:

  • O diâmetro da tubulação;
  • O tipo de material do qual é feita;
  • O volume de fluido que por ela passa;
  • A topografia.

 

Cada uma dessas circunstâncias, por sua vez, está sujeita a uma série de outros fatores. A variação do volume, por exemplo, está relacionada aos horários de maior ou menor consumo de água pela população. No período noturno, quando em geral a vazão é menor, as pressões se elevam.

A conceituação hidráulica, portanto, é fundamental para compreender e calcular as diferenças de pressões de um fluido; diferenças que influenciam diretamente na qualidade dos serviços de saneamento de uma cidade, por exemplo (Baixe nosso e-book e saiba mais sobre saneamento).